fbpx

A Polícia Federal apreendeu R$ 30 mil que estavam escondidos nas nádegas de Chico Rodrigues, senador do partido Democratas por Roraima que até esta manhã era vice-líder do governo Bolsonaro no Senado. O dinheiro foi encontrado em durante uma operação realizada nesta quarta-feira (14) em Roraima contra o desvio de recursos públicos para o enfrentamento à Covid-19.

A ação da PF foi deflagrada junto com a CGU (Controladoria Geral da União) e era focada em obter dados sobre o desvio de recursos públicos oriundos de emendas parlamentares. Rodrigues foi um dos sete alvos da operação.

O senador defendeu-se por meio de nota afirmando que ele apenas fez o seu “trabalho de trazer recursos para combater a Covid-19” e que ele tem “um passado limpo e uma vida decente. Nunca me envolvi em escândalos de nenhum porte. Se houve processos contra minha pessoa no passado, foram provados na Justiça que sou inocente.”

Na tarde de hoje, ele deixou a vice-liderança do governo e o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso determinou seu afastamento do seu cargo de senador. Agora, cabe ao Senado se reunir para decidir se referenda ou não o afastamento.

Confira nosso comentário sobre o episódio no #LivresNotícia: