O Livres promove nesta quarta-feira (26) uma ação no cruzamento entre duas das maiores avenidas do Recife, capital pernambucana, contra o aumento das verbas de gabinete dos deputados do estado.

Os associados do Livres em Recife enveloparam cinco metros cúbicos de caixas com imagens de notas de R$100 (cem reais) representando os cinco milhões de reais de aumento nos gastos da Assembleia Legislativa, causados pelo reajuste das verbas de gabinete dos deputados estaduais no mês passado.

”O objetivo é fazer com que os pernambucanos saibam que a ALEPE custa meio bilhão por ano, o que representa 253 vezes o Fundo Estadual para os Direitos da Criança e do Adolescente, por exemplo. É fazer com que as pessoas saibam que apesar de custarem tão caro os deputados usam a maior parte do seu tempo para apresentar projetos de lei que visam prestar homenagens, dar nomes a rodovias e edifícios e criar datas comemorativas, enquanto deveriam estar colaborando com a implementação e acompanhamento de políticas públicas para o Estado”, afirma Karla Falcão, líder regional do Livres e uma das organizadoras do projeto.

O protesto começa às 7h da manhã da quarta-feira, 26, no cruzamento entre as avenidas Agamenon Magalhães e Rui Barbosa.

O Livres vai distribuir informativos sobre o assunto que estarão à disposição dos cidadãos para que possam se informar sobre a contabilidade da Assembleia.

A Julietto, rede pernambucana de fast-food, também aderiu à campanha do Livres. Durante essa semana, o restaurante vai distribuir informativos sobre os gastos e a produtividade da ALEPE junto às refeições que forem vendidas em seus restaurantes.