fbpx

O PL 399/15, que regulamenta o plantio da cannabis para fins medicinais no Brasil, teve seu parecer final aprovado nesta terça-feira (8) na Comissão Especial da Cannabis Medicinal na Câmara dos Deputados.

Com votos favoráveis dos nossos associados Tiago Mitraud (Novo-MG) e Alex Manente (Cidadania-SP), o placar final foi de 17 a 17, desempatado pelo voto do relator Luciano Ducci (PSB-PR), como manda o regimento interno da comissão.

O cultivo da planta para fins terapêuticos só é autorizado no Brasil a algumas empresas através de liminares judiciais, como é o caso da Abrace Esperança, situada em João Pessoa/PB, que atende milhares de famílias ao redor do Brasil.

Com a aprovação do projeto sem destaques que alterem o texto-base, os medicamentos à base de cannabis poderão ter seus preços reduzidos, assim como mais empresas poderão fazer parte deste mercado.

A matéria agora segue para o plenário da Câmara dos Deputados.