Membro da Bancada da Liberdade, o deputado federal Marcelo Calero declarou nesta terça-feira (5) que é muito importante buscar o fortalecimento dos órgãos de combate à corrupção no Brasil. Calero, que denunciou os desmandos no governo Temer, levando à prisão do ex-ministro Geddel, reiterou oposição à corrupção após uma reunião com o ministro Sérgio Moro.

O encontro reuniu membros da Frente Ética de Combate à Corrupção, da qual Calero é integrante. O grupo é composto de deputados federais e senadores.

Calero, que foi ministro da Cultura no governo Temer, deixou o cargo após denunciar o então ministro Geddel Vieira Lima, que tentou conduzir o agora deputado a produzir um parecer técnico para favorecer seus interesses pessoais.

O deputado declarou que os membros da Frente Ética estiveram com Sérgio Moro para oferecer apoio ao pacote de medidas anticrime enviadas pelo governo federal ao Congresso.