fbpx

O ministro da economia Paulo Guedes já pediu desculpas por sua declaração comparando funcionários públicos a parasitas, mas o debate continua em alta: afinal, o Brasil gasta muito com os funcionários do Estado?