fbpx

Abril foi um mês de guinada estatista no governo Bolsonaro. Na economia, mudança de rumo com o plano Pró-Brasil, uma reencarnação do PAC, programa desenvolvimentista que marcou a Era Dilma. Na política, aproximação desavergonhada com o centrão. No combate a corrupção, as máscaras caíram com a saída do ex-juiz Sérgio Moro, que não apenas rompeu com o governo, como saiu com denúncias gravíssimas sobre interferência política na Polícia Federal.

Por isso, o #LivresAoVivo dessa segunda-feira recebe Joel Pinheiro da Fonseca e Roberto Ellery para debater o panorama político e responder à pergunta-chave: Afinal, Bolsonaro virou Dilma?