fbpx

A realização de eleições livres e limpas é uma condição necessária, mas não suficiente para uma democracia liberal plena.

Direitos humanos, sociedade ativa, imprensa livre, parlamento vigilante, judiciário independente, governo limitado são algumas características essenciais para o liberalismo político.

O Brasil não pode se resignar em ser apenas uma democracia eleitoral falha. Não podemos seguir olhando pra trás e nos contentando com tão pouco.

Precisamos olhar pra frente e sonhar com o país que queremos. Queremos um Brasil que lidere a transformação da América Latina como exemplo de democracia liberal plena.

Mas quais são os fundamentos para a construção de democracias liberais realmente dignas do nome?

Esse é o tema do #LivresEntrevista com a socióloga Marize Schons. Confira: