Deputado estadual do Livres, Fábio Ostermann (Novo-RS) debateu a privatização da empresa de energia estatal gaúcha, a CEEE, com a também deputada Luciana Genro (PSOL-RS). Transmitido ao vivo pela Rádio Guaíba, o programa Esfera Pública publicou nesta quarta-feira (06) o debate no Facebook.

O tema principal fixou-se em torno das amarras legais do processo de privatização no Rio Grande do Sul, onde a lei prevê a realização de um plebiscito para que a privatização seja considerada. Ainda assim, a Constituição Federal, como aponta Elena Landau – presidente do Conselho Acadêmico do Livres e coordenadora de privatizações na gestão FHC -, aponta que a necessidade de criar estatais é que teria de ser justificada, não a privatização delas. Afinal, teoricamente, a criação de uma empresa adminsitrada pelo Estado deveria ser a excessão.

Há poucos dias empossados deputados estaduais pelo Rio Grande do Sul, Fábio Ostermann e Giuseppe Riesgo, da Bancada da Liberdade, estão articulando a privatização da empresa de energia do Estado. Com as contas no vermelho e graves problemas de distribuição de energia, a CEEE onera o bolso de quem paga seus prejuízos e oferece um serviço péssimo em retorno ao cidadão. Só que, seguindo a lei gaúcha, um plebiscito caríssimo e burocrático precisa ser realizado para a consideração da venda da empresa.

Fábio e Giuseppe apontam que não é uma questão de fuga da democracia. A própria população gaúcha deu a maior parte dos seus votos para governador em candidatos abertamente favoráveis à privatização, como um dos entrevistadores aborda em questionamento à Luciana Genro durante o debate.

Você pode assistir à transmissão completa aqui.