fbpx

Com coordenação do professor Fernando Schüler, membro do Conselho Acadêmico do Livres, um estudo pioneiro mostrou o dimensão das parcerias entre o setor público e o privado no Brasil.

Ao todo, já foram implementadas 5.169 parcerias do gênero somando as esferas da União, unidades federativas e prefeituras de capitais. Intitulado “Mapa da Contratualização dos Serviços Públicos no Brasil”, o estudo compilou as parcerias implementadas nos últimos dez anos, com duração mínima de dois anos, e as organizou por região geográfica, modalidade de contrato e ramos de atividade.

“Esse mapa é uma grande enciclopédia para os gestores públicos brasileiros buscarem alternativas e soluções para gerenciamento de serviços”, diz o cientista político e consultor Fernando Schüler, que respondeu pela coordenação acadêmica da pesquisa, ao lado do engenheiro e administrador Sandro Cabral, ambos professores do Insper, uma escola de negócios de São Paulo. “Com legislação criada nos últimos 25 anos, a contratualização se tornou uma realidade no Brasil.”

Na visão de Schüler, mais do que o número de parcerias, o que o surpreendeu na pesquisa foi a diversidade das experiências. Outro ponto que chamou a atenção foi a criatividade dos gestores para cruzar as diferentes legislações, com a intenção de viabilizar modelos híbridos de parcerias. 

Confira o estudo na íntegra aqui.