Emerson Jarude, associado Livres e vereador em Rio Branco-AC, catalogou mais de 2,3 mil leis municipais e entrou com pedido de revogação de 320 delas. O projeto do Revogaço consistiu na catalogação, análise e simplificação da legislação do município. Os resultados do trabalho serão divulgados para toda a população em um documento produzido pelo vereador. “O cidadão brasileiro não aguenta mais tanta burocracia junto da ineficiência do setor público”, afirmou Emerson, que agradeceu aos assessores que o ajudaram com o projeto. As leis separadas para revogação são ultrapassadas e perderam o sentido ou atrapalham a liberdade individual no município.
Já em 2016, na Paraíba, o primeiro Revogaço foi empreendido pelo vereador Lucas de Brito, também associado do Livres. Todas as leis municipais foram analisadas e milhares delas revogadas ou simplificadas por Lucas, que continua atuando pela liberdade. Graças ao trabalho da comissão do revogaço, o Uber e outros apps de transporte deixaram de ser proibidos na capital, João Pessoa.