fbpx

A fachada do edifício Centurion, na Praça Portugal, foi o local escolhido para o Livres Ceará e o MBL projetarem frases gigantes com lasers contra o Governo Federal e insuflar a população a aderir ao 12/09. Durante toda a semana, os movimentos fizeram atos em diversos pontos de Fortaleza chamando para a manifestação, com exposição de faixa e panfletaço contra o Bolsonaro.

Para Rafael Mota, coordenador do núcleo cearense do Livres, esses atos buscam dar a visibilidade necessária para que a concentração no domingo seja massificada com apoio popular pelo impeachment.

O evento no estado já conta com o apoio dos movimentos VemPraRua, UJL e Acredito; além de adesão de diversos partidos, da esquerda à direita, passando por PDT, Cidadania, PSDB e PSB.

A manifestação está prevista para acontecer neste domingo (12) em 17 capitais: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Florianópolis, Goiânia, João Pessoa, Manaus, Natal, São Paulo, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, Teresina e Vitória.