fbpx

O governo brasileiro já começou a reagir à vitória de Joe Biden nas eleições americanas de 2020. No último final de semana, por exemplo, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, pediu aos seus subordinados do Itamaraty relatórios sobre os impactos da vitória do Democrata na política externa brasileira. Os pedidos foram feitos aos diplomatas no domingo, somente após as principais redes de televisão americanas confirmarem a vitória de Joe Biden.

Na última sexta-feira, o ministro da Economia Paulo Guedes afirmou que a vitória de Joe Biden não afetaria a dinâmica de crescimento brasileira. Segundo Guedes, “continuaremos trabalhando com todo mundo, nós vamos dançar com todo mundo, vamos seguir nosso relacionamento”. O ministro completou afirmando que a dinâmica de crescimento nacional depende apenas de nós.

Jair Bolsonaro ainda não utilizou os canais oficiais do governo para parabenizar o novo presidente americano. Na sexta-feira, porém, o presidente afirmou que Donald Trump não é a pessoa mais importante do mundo. Segundo o presidente, essa pessoa é Deus.

Confira nosso comentário sobre o caso no #LivresNotícia: