Associados deixam coordenações do Livres para se dedicarem a pré-candidaturas

May 12, 2022

Institucional

Nove coordenadores do Livres deixaram seus cargos nesta semana para focar exclusivamente às suas pré-candidaturas para as eleições deste ano, que acontecem em outubro. São eles:

  • Anne Dias – PR – Pré-candidata a deputada estadual

“Coordenar o Livres no Paraná foi uma das fases mais gratificantes da minha vida”, conta Anne Dias. “A frente do cargo pude engajar dezenas de paranaenses a lutarem por mais liberdade de viver e trabalhar, saio agora em buscar de representar ainda mais esses ideais na Assembleia Legislativa do Paraná e com a certeza de que o trabalho realizado continuará a crescer.”

  • Daniel Angotti – MG – Pré-candidato a deputado estadual

“Estar coordenador do Livres em Minas foi uma grande oportunidade, de na terra dos inconfidentes, levar a liberdade ainda que tardia para além da nossa bandeira”, disse Daniel Angotti. “Conseguimos trazer novos associados, mandatários e capacitar mais lideranças em defesa da liberdade. Agora tenho um novo desafio de defender a liberdade por inteiro nas próximas eleições. O Livres me trouxe a política e são os nossos princípios que vão me nortear em um futuro mandato.”

  • Francisco Layon – PE – Pré-candidato a deputado estadual

“Representar o Livres em tempos de pandemia, em um momento delicado da luta por liberdade no Brasil foi engrandecedor”, afirma Francisco Layon. “Agora assumo uma nova missão para seguir honrando a tradição liberal de Pernambuco, dessa vez colocando nossas ideias para o crivo da sociedade.”

  • Henrique Korman – Setorial de Urbanismo e Mobilidade (RJ) – Pré-candidato a deputado estadual

“Fazer parte da coordenação da setorial de urbanismo e mobilidade do Livres foi uma experiência desafiadora, que trouxe uma série de aprendizados e oportunidades para a minha caminhada na política – e também fora dela”, explica Henrique Korman. “Estar em contato com pessoas de diferentes partes do Brasil, unidas pelo mesmo propósito de construir um Brasil liberal por inteiro, fez com que eu me encontrasse dentro da política e me deu ainda mais energia para os desafios que vem pela frente. Agora, depois dessa experiência política, mais preparado, engajado e motivado, saio da coordenação da setorial e assumo o desafio de ser pré-candidato a Deputado Estadual do RJ pelo partido NOVO, com a certeza do que quero defender e dos princípios e bandeiras que carrego – e, dentre elas, a do Livres certamente está em um lugar especial.”

  • Henrique Mecabô – Setorial Internacional (PR) – Pré-candidato a deputado federal

“Eu passei a acompanhar o Livres mais de perto quando estava estudando fora do país. Estudava teoria política liberal e achava difícil entender os porquês de não ver aquela liberdade florescer aqui”, explica Henrique Mecabô. “No mestrado em economia, via políticas públicas funcionais e liberais onde vivia e não entendia porque ninguém fazia acontecer, também, aqui em casa, no Brasil. Criei uma marca de meias lá fora e, quando finalmente trouxe meus produtos pro Brasil, me frustrei ao passo em que a burocracia passou a tomar um tempo absurdo. Liberais por inteiro do Livres ecoavam meus sentimentos e o movimento me dava uma lente para entender melhor o estagnado panorama da liberdade na minha terra. Quando voltei, sabia que precisava contribuir para um Livres ainda mais forte. Passei a servir como coordenador da setorial internacional, dialogando com movimentos liberais do exterior e monitorando os avanços e retrocessos da liberdade mundo afora, debatendo com liberais por inteiro do Livres espalhadas pelo mundo todo e buscando o que de bom poderíamos trazer pro Brasil. Depois de mais de um ano nesse papel (muito bem acompanhado pelo diplomata Rafael Paulino), chega a hora de ser um pouco menos monitor e ainda mais propositor: estou pré-candidato a deputado federal pelo Paraná, onde nasci e onde fui criado. É hora de levar o que vivi lá fora e o que aprendi no Livres pra dentro da Câmara em Brasília, expandindo a Bancada da Liberdade e fazendo-a florescer no (até agora) pouco fértil solo tupiniquim.”

  • Maria Tavares – AL – Pré-candidata a deputada federal

“O Livres é a casa de acolhimento de todas as pessoas que defendem a liberdade, até mesmo de forma inconsciente”, frisa Maria Tavares. “Nesse período que passei pela coordenação, tive a oportunidade de conviver com pessoas incríveis que me possibilitaram aprender ainda mais a doutrina liberal e a defender de forma mais eficiente a democracia. Agradeço a todos que trabalham incansavelmente para, de forma conjunta, realizar, amparar e esclarecer para população que a melhor forma de harmonizar a sociedade está pautada na defesa das liberdades. Seguiremos fortalecidos e juntos até a concretização desse sonho de liberdade.”

  • Monica Rosenberg – SP – Pré-candidata a deputada federal

“Quando aceitei o desafio de coordenar o Livres, no estado de São Paulo, meu maior objetivo era expandir o movimento para além da Capital, pois vi muito potencial para divulgar as ideias de liberdade”, destaca Monica Rosenberg. “Foi uma honra falar com jovens tão diversos, tanto da Baixada Santista, quanto da turma do Agro em Ribeirão Preto, e sentir que, de alguma forma, eles tinham sede de mais liberdade. Me sinto absolutamente em casa no Livres, conectada pela razão e emoção para debater pautas e construir ações. Tudo foi feito com respeito para valorizar as diferenças, sempre com ética e liberdade, lutando pelo valor mais fundamental do ser humano. Deixo a coordenação já com saudade, mas com a certeza de que não estarei longe, apenas levando a defesa da liberdade para outras esferas, onde ela é, mais do que nunca, necessária!

  • Paulo Gontijo – RJ – Pré-candidato a deputado estadual

“Minha segunda passagem pela coordenação do Livres no Rio de Janeiro trouxe uma série de desafios”, conta Paulo Gontijo. “Mas, sem dúvida, o maior deles foi tentar criar em um ambiente pós pandemia uma sequência de ações que dessem ao movimento uma marca de impacto concreto. Sair dos grupos de whatsapp e passar para a prática. Nesse sentido, desenvolvemos algumas parcerias valiosas que se transformaram em 3 campanhas de arrecadação bem-sucedidas que, juntas, levantaram mais de R$ 45 mil reais e atingiram famílias de refugiados e pessoas em situação de vulnerabilidade. Saio da coordenação para me dedicar à minha pré-campanha para deputado estadual pelo Rio de Janeiro e com o desafio de ajudar a derrubar barreiras para a geração de emprego e renda no estado.”

  • Saulo Batista – MS – Pré-candidato a deputado federal

“O compromisso do Livres é o de ser uma referência para aqueles que são liberais de verdade”, destaca Saulo Batista. “Ser o primeiro coordenador do MS representou a missão de dar os primeiros passos para um movimento que visa romper com as velhas práticas das oligarquias familiares. Agora, como pré-candidato a deputado federal, o desafio é construir um projeto que possa de fato representar a defesa da liberdade em nosso estado.”

Desejamos muito sucesso aos nossos associados. Vamos juntos construir um Brasil livre por inteiro e para todos!