fbpx

Se os anos 1980 entraram para a história do Brasil como a década perdida, como nomear o desastre econômico dos anos 2010? A maior crise econômica da nossa história condenou milhões de brasileiros ao desemprego, destruiu as contas públicas e colapsou a capacidade de investimento do Estado, simplesmente levado à falência. Não é possível se esquivar das responsabilidade. A crise é resultado direto de uma sequência de decisões desastrosas do Estado brasileiro, sob o aplauso até então entusiasmado de grande parcela da sociedade brasileira. Mesmo assim, a profunda incompetência dos governos do PT segue sendo insuficiente para fazer com que grande parte do país se mantenha sequestrada pelo magnetismo populista de Lula e incapaz de virar a página política.

Sob o comando de Mano Ferreira, a conversa contou com a participação de Paulo Gontijo, nosso diretor executivo, e Magno Karl, nosso diretor de políticas públicas.