calendario

qua

13 jun

17h00

Rio de Janeiro / RJ

Sala F300, PUC Rio

Privatizar para avançar, com Elena Landau e Gustavo Franco

Apesar de necessária para o desenvolvimento econômico e social do Brasil, a privatização ainda é extremamente mal vista pela sociedade. Assim sendo, tirar das mãos dos políticos empresas e serviços que há muito deveriam ser controlados por particulares e regidos pela concorrência, é um enorme desafio. A fim de explicar os benefícios da privatização, o Clube Liberal Isabel Paterson convida dois ilustres ex-alunos da PUC-Rio, Gustavo Franco e Elena Landau, a discorrer sobre o assunto. Não há necessidade de inscrição prévia e ainda será sorteado um livro para os presentes.

“Empresas estatais atrasam o país e atrapalham a vida dos brasileiros. Privatizar significa aumentar o acesso a bens e serviços essenciais. Moradores de locais carentes não raro possuem televisão, smartphones e tudo mais que o mercado provê, mas nem sempre possuem saneamento básico. O mercado é capaz de suprir a demanda de quem mais precisa, o estado não. Privatização é, antes de tudo, uma pauta social e humanitária”, defende Cecília Lopes, associada do Livres e integrante da organização do evento.

Gustavo Franco é economista formado pela PUC Rio, ex-presidente do Banco Central e integrante da equipe responsável pela criação e implementação do Plano Real. Atualmente preside a fundação Novo e o Instituto Millenium.

Elena Landau é mestre em economia pela PUC Rio com atuação de destaque na implantação de reformas estruturais no estado brasileiro; em meados da década de 1990, migrou para o ramo do Direito, tornando-se uma voz de referência principalmente nas questões ligadas ao setor elétrico brasileiro. Elena foi assessora da presidência do BNDES e, posteriormente, diretora da área responsável pelo Programa Nacional de Desestatização, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. Atualmente é presidente do conselho acadêmico do Livres.

O Clube Liberal Isabel Paterson é uma iniciativa de estudantes da PUC Rio que objetiva democratizar as ideias de liberdade e empoderar estudantes liberais.